A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, fez um pronunciamento na noite desta quinta-feira (7), em rede nacional, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado neste dia 8. 

Banner Obras Acre 300x225

Dirigindo-se às ¨chefes de família, donas de casa, empresárias, empreendedoras, trabalhadoras do campo e da cidade, de todas as raças e credos”, a ministra falou das ações do governo Lula (PT) que empoderam a mulher.

¨Mais de 17 milhões das famílias beneficiadas pelo Bolsa Família são chefiadas por mulheres. E também são as mulheres chefes de família que têm prioridade para receber moradias do programa Minha Casa Minha Vida. E das 8 milhões de unidades contratadas desde o início do programa, 90% estão em nome de mulheres”, disse.

A situação da mulher no mercado de trabalho também foi abordada pela ministra. “Em pleno século 21, não podemos aceitar que uma mulher ainda receba 22% a menos que o homem ao exercer o mesmo trabalho. E que as mulheres negras recebam menos da metade do salário dos homens brancos”.

Segundo Cida Gonçalves, o governo está investindo R$ 6 milhões na oferta de bolsas de doutorado e pós-doutorado sanduíche no exterior para mulheres negras, quilombolas, indígenas e ciganas. Outros R$ 28 milhões estão sendo destinados a ações de fortalecimento das mulheres negras empreendedoras, pesquisadoras e mães de vítimas da violência racial.

Leia a íntegra do pronunciamento da ministra Cida Gonçalves