A ministra das Mulheres, Cida Gonçalves, criticou nesta segunda-feira (25) a soltura do jogador Daniel Alves, condenado por estupro na Espanha.

Banner Obras Acre 300x225

“Muita indignação. R$ 5 milhões compram a liberdade de um estuprador que já foi julgado, condenado por estupro. Acho que foi equívoco. Não posso julgar o que aconteceu na Espanha, mas ele deveria cumprir sua condenação na prisão”, disse a ministra.

Daniel Alves deixou a prisão após pagar fiança de 1 milhão de euros, o que equivale a R$ 5,4 milhões, e vai responder ao processo em liberdade. Ele foi condenado em primeira instância e poderá aguardar solto os recursos na Justiça da Espanha.

A ministra fez a declaração após reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com ministras, deputadas e senadoras no Palácio da Alvorada para fortalecer a participação de mulheres nas eleições municipais de outubro de 2024.

No X, a ministra também fez um post: