Nesta quinta-feira (11), o deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Manaus Wilker Barreto (mobiliza) concedeu entrevista ao Portal Norte e fez uma avaliação sobre a intenção de concorrer nas eleições municipais de 2024. A partiticipação dele faz parte da cobertura do Norte Eleições 2024.

Banner Obras Acre 300x225

Formado em economia, mestre em meio ambiente e com doutorado em administração, Wilker Barreto traz consigo uma visão da relação pública.

  • O que o credencia a ser prefeito de Manaus?

“Administrar Manaus não é para qualquer um, temos que ter visão e conhecimento. Eu estou convencido de que temos que ter consciência e preparo, são os preceitos de qualquer empresa pública. Quem não economiza não tem capacidade de investimento. Pegamos o exemplo atual do prefeito de Manaus agoniado para fazer empréstimos com orçamento de 9 bilhões de reais. Repito, quem não tiver preparo, não tem capacidade para administrar Manaus”.

  • Como enxerga Manaus hoje?

“Uma cidade abandonada, que nos últimos quatro anos não avançou. Mexer com mobilidade urbana, por exemplo, não é só fazer viadutos, nós temos as UBSs com atendimentos de dez fichas por dia, os terminais abandonados. Precisamos ter uma cidade com uma boa gestão e não temos”.

  • Com R$ 9 bilhões no orçamento, dá para fazer mais ou melhor para Manaus?

“Primeiramente temos que realinhar contratos com cortes e diminuir gastos, nós temos que trazer orçamento para dentro das prioridades. Com R$ 9 bilhões, não é o suficiente, mas pode-se fazer muito mais do que agora, temos que cortar, economizar, para poder investir”.

  • A prefeitura está lançando o Passo a Paço 2024, com vários shows e eventos culturais. O senhor gosta do projeto ou faria diferente?

” O Passo a Paço é um evento importante e podemos entender que é uma abertura para o turismo de Manaus, mas temos sempre que buscar priorizar educação, segurança. Vamos sim ter um orçamento voltado para a cultura, então o que deixo claro é sempre ter transparência total buscado economizar para enfrentamos situações problemáticas que vemos hoje”.

  • Como melhorar o trânsito e o transporte público de Manaus em quatro anos?

“Manaus hoje cresceu errado, temos que buscar exemplos de cidades que deram certo em relação ao trânsito e transporte público. Eu sempre falei que não é feio copiar, mas temos que ter a coragem de implementar. Os nossos terminais hoje são cemitérios, você vai em outras cidades os terminais são praticamente mini shopping, então nós temos que dar vida à nossa cidade.

Preferências

O Portal Norte aproveitou e também fez uma dinâmica para conhecer gostos pessoais do pré-candidato relacionados à cidade de Manaus. Em nove questionamentos, com duas alternativas cada, Wilker optou por dez opções. Veja as respostas.

  • Jaraqui ou Tambaqui? “Jaraqui”;
  • X-Caboquinho ou Tapioca? “Tapioca”;
  • Tacacá ou Açaí? “Açaí”;
  • Guarana ou Suco de Cupuaçu? “Guaraná”;
  • Banana Pacovã ou Pupunha? “Os dois”;
  • Nunes Filho ou Berg Guerra? “Berg Guerra”;
  • Márcia Siqueira ou Fátima Silva? “Márcia Siqueira”;
  • Boi Bumbá ou Forró? “Boi Bumbá”;
  • Banho na Ponta Negra ou em Flutuante? “Flutuante”.

Veja o vídeo com as respostas.