Três homens suspeitos de envolvimento em crimes de estupro de vulnerável e exploração sexual de crianças e adolescentes foram presos nesta quinta-feira (16) em Manaus. As prisões ocorreram nas zonas norte e sul da cidade, como parte da operação Caminhos Seguros, conduzida pelas Forças de Segurança do Amazonas.

Banner Obras Acre 300x225

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) e a Polícia Militar (PMAM), por meio da Força Tática, cumpriram três mandados de prisão, sendo um de sentença condenatória e dois de busca e apreensão. Além das prisões, foram apreendidos celulares, notebooks, HD externo e tablet dos suspeitos.

Mandados de estupro

Na zona norte, dois mandados foram cumpridos. Um dos presos, um homem de 65 anos, foi localizado no bairro Colônia Terra Nova. Ele é suspeito de estupro de vulnerável contra uma criança de 10 anos.

A delegada Joyce Coelho, da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), informou que a vítima estava aos cuidados da companheira do suspeito.

Outro preso na zona norte foi um professor de 43 anos, detido em seu apartamento no bairro Santa Etelvina. A investigação começou após uma denúncia de familiares de uma vítima, aluna da escola onde o suspeito trabalhava.

O terceiro suspeito, de 44 anos, foi preso no bairro Japiim, zona sul da cidade, durante o cumprimento de um mandado de prisão de sentença condenatória pelo crime de estupro de vulnerável.

Operação

As prisões foram realizadas durante o Dia “D” da operação Caminhos Seguros, que combate a exploração sexual de crianças e adolescentes.

As ações são coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e envolvem a integração das Forças de Segurança e órgãos municipais e estaduais de proteção à criança e ao adolescente.