O vereador João Marcos Luz (PL), líder do prefeito na Câmara de Rio Branco, propôs criar um Projeto de Lei (PL) para proibir menores em eventos LGBTQIA+.

Banner Acre Junho Vermelho - Foto: Divulgação

Durante seu discurso na terça-feira (4) na Câmara, Luz comentou sobre a Parada LGBTQIA+ em São Paulo, que teve a participação de crianças trans.

Luz repudiou a marcha e citou valores cristãos, dizendo que eventos com temática LGBTQIA+ não devem ter a participação de crianças, considerando isso um crime.

“Repudio o que aconteceu em São Paulo, com o bloco de crianças trans. Não podemos aceitar isso, é um crime com as crianças,” declarou Luz.

O vereador pediu à sua assessoria que prepare um projeto para proibir a participação de menores em eventos LGBTQIA+, afirmando que o movimento pode chegar a Rio Branco.